terça-feira, 23 de abril de 2013

Uma Igreja Forte

Li um texto que me levou a refletir sobre o que faz uma Igreja ser forte. Então depois de refletir um pouco sobre o tema decidi escrever e compartilhar contigo. Concorde ou discorde, tudo bem, mas seja coerente e cordato. Segue abaixo minha reflexão.
Uma Igreja com ovelhas fortes é consequência de uma alimentação adequada, da administração do amor e da disciplina na medida correta. Por isso o seu líder tem que ser um pregador profícuo e um pastor amoroso e justo. Mas igualmente cada um dos obreiros e obreiras que pregam devem ser eficientes no seu trabalho, pois a eles também cabe a tarefa de alimentar o rebanho santo.
Mas nenhum preparo e eficiência vai adiantar se as ovelhas são rebeldes ou não aceitam a alimentação oferecida (embora eu tenha séria dúvidas se são, de fato, ovelhas).
Portanto, você que prega, não se martirize porque algumas ovelhas não se alimentam, a não ser que isso se deva ao fato de você estar oferecendo uma comida de má qualidade (e isso nós sabemos quando fazemos).
Seja fiel ao seu chamado, pague o preço de ser um pregador ou pregadora eficiente e descanse no Deus que convence do pecado, da justiça e do juízo.
Em contrapartida, se você é ovelha e não se sente alimentada no aprisco em que se encontra, então procure outro aprisco, onde o pastor possa te alimentar a contento. Seja inteligente. Isso serve para todos, ovelhas sob o meu pastoreio ou não.
Você pertence a Jesus e a nenhum outro homem. Ninguém tem poder de te amaldiçoar, principalmente se essa pessoa é ministro do Senhor.
Uma igreja é o reflexo do seu pastor. Sendo assim, submeta-se a liderança de um pastor que pode acrescentar à sua vida, caso contrário procure um que possa fazê-lo.
Segue um conselho pastoral para todos, mas principalmente para as ovelhas de Jesus sob o meu pastoreio.
Deus vos abençoe.