sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Espiritualidade e espiritualização


É preciso saber distinguir entre espiritualidade e espiritualização. Espiritualização (espiritualizar) é um acessório da espiritualidade, uma forma de expressá-la: conversas espirituais, atividade religiosa, formas de culto, estilos musicais para adoração, estilos de pregação, etc. Isto é, como falamos sobre Deus, como os amigos de Jó, que fizeram diversos discursos falando sobre Deus para o amigo enfermo, mas não puderam ajudá-lo em nada. Simplesmente porque a espiritualização não tem valor se a vida não for espiritual.          
Espiritualidade, por sua vez, é transbordar de Deus. É falar com Deus em todo tempo, viver focado no interesse de honrá-lo em tudo o que fazemos na vida: trabalhar, descansar, comer, namorar, conversar, brincar, dirigir.                
Em suma. Espiritualidade é um estilo de vida centrado em Deus e na glorificação Dele por meio de atitudes que revelem Deus em nós, enquanto que espiritualização é uma forma humana de expressar visualmente e liturgicamente nossa espiritualidade. Ambas são importantes, mas a espiritualidade é a verdadeira essência da vida cristã, pois ela transcende aos rituais e práticas temporárias e invade toda a vida, nas suas mais diversas expressões. A Espiritualidade é o conteúdo da vida pessoal, enquanto que a Espiritualização é a forma dessa vida.