quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Céu, lugar de vencedores


Estamos prestes a obter a maior vitória de nossas vidas indo morar com Jesus no céu, porém, devemos saber que enquanto não obtivermos total vitória, teremos que vencer nossos inimigos no dia-a-dia, e para tanto, precisamos conhecê-los.
Os inimigos a serem vencidos são basicamente quatro, a saber: precisamos vencer o mal (Rm 12.21), assim como Davi que venceu o mal ao poupar a vida de Saul enquanto este o queria matar (I Sm 24.1-22) e não como Caim que cedeu ao mal e matou seu irmão Abel (Gn 4.6). Precisamos também vencer o maligno (I Jo 2.13), não nos entregando às suas seduções como Judas Iscariotes (Lc 22.3), mas vivendo para glória de Deus como Jó (1.13-22; 2.9-10). Ainda precisamos vencer o mundo (I Jo 5.5), como o apóstolo Paulo que declarou estar crucificado para o mundo e o mundo para ele (Gl 6.14). E, por fim, precisamos vencer tudo aquilo que nos escraviza e toma o primeiro lugar que deveria ser totalmente do Senhor (II Pe 2.9), seja a família, o trabalho, o futebol, a TV ou qualquer outra coisa que se torne mais importante para nós do que o culto a Deus.
Entretanto, a Bíblia nos ensina como vencer esses inimigos através também de quatro maneiras: buscando o bem (Am 5.14), porque “Deus retribuirá a cada um conforme o seu procedimento. (...) Pois em Deus não há parcialidade. Todo aquele que pecar sem a Lei, sem a Lei também perecerá, e todo aquele que pecar sob a Lei, pela Lei será julgado” (Rm 2.6-11). Também, vivendo com fé (I Jo 5.4) se submetendo a Deus (Tg 4.7). Ainda transformando nossa mente (Rm 12.1-2) buscando pensar nas coisas que são de Deus (Cl 3.1) e finalmente consagrando nosso corpo (Rm 12.1; Hb 12.14) para a glória de Deus (I Co 6.20).
Querido e querida guarde isso no seu coração, você vai para o céu porque Jesus te salvou, mas luta as suas guerras, pois o Senhor só dá vitória àqueles que vão ao campo de batalha (Sl 144.1).

Pastor Ioséias Carvalho Teixeira