segunda-feira, 23 de abril de 2012

Uma vida Cheia do Espírito Santo nos traz Saúde Emocional


Conquistando uma Vida Cheia do Espírito Santo
Romanos 12.2
Nossas Emoções são Fruto Daquilo que Domina a nossa Mente (Alma ou Coração)
  1. “Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida”. (Pv 4.23).
  2. “Que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, Senhor, minha Rocha e meu Resgatador” (Sl 19.14).
  3. “(...) Pois a boca fala do que está cheio o coração” (Mt 12.34b).
Nossas Emoções São Nutridas Pelas Duas Partes Formadoras da Natureza Humana: A Carnal e a Espiritual.   
  1. A nutrição da Natureza Carnal: “Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissenssões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus” (Gl 5.19-21). 
  2.  Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há Lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. Não sejamos presunçosos, provocando uns aos outros e tendo inveja uns dos outros” (Gl 5.22-26).
Nossas Emoções Serão Saradas na Medida em que nos Enchermos do Espírito

  1. “Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne” (Gl 5.16).
  2. Mas como?
  3. Não vos embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito, falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor, dando graças constantemente a Deus Pai por todas as coisas, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
  4. Sujeitem-se uns aos outros, por temor do Senhor (Ef 5.18-21).
CONCLUSÃO 
  1. Do Senhor só vêm boas dádivas e dons perfeitos (Tg 1.17 – Toda boa dádiva e todo perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, que não muda como sombras inconstantes). Por isso, questione a origem dos pensamentos e sentimentos ruins que vêm à sua mente.
  2. Olhe para as coisas espirituais da Escritura e não para as circunstâncias da vida (2Co 5.7 – Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos). Lembre-se: Fé não é o que muda as circunstâncias da vida, mas o que muda o nosso coração (vídeo Nick).
  3. Pense naquilo que pode te fazer bem (Fp 4.8 – Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas) (Lm 3.21 – Todavia, lembro-me também do que pode me dar esperança).
  4. Nunca fale ou responda as pessoas quando estiver sob estresse (Pv 15.28 – O justo pensa muito antes de responder, mas a boca dos ímpios jorra o mal).